quinta-feira, Novembro 08, 2012

Fogaças de Alcochete




Ingredientes:

250 g açúcar amarelo
120 g margarina vegetal (derretida no microondas)
500 g farinha de trigo ESPIGA tipo 65
1 colher de sopa de canela em pó
1 limão (casca)
125 ml de leite
1 ovo batido (para pincelar)



Preparação:

Colocar no copo o açúcar e a casca do limão. Pulverizar 15 seg. vel 9. Juntar a farinha e a canela. Misturar 20 seg. vel 5. Abrir e envolver melhor com a espátula.
Com a bimby a trabalhar na vel 4, deitar aos poucos pelo bocal, a margarina derretida e de seguida o leite. Parar. Programar 2,5 min. velocidade espiga.
Espalhar um pouco de farinha na bancada, deitar a massa e trabalhá-la um pouco.
Dividir em 4 porções e fazer bolinhas. Espalmar um pouco cada bolinha.Colocar em tapete de silicone. Com uma faca fazer uma cruz em cada e pincelar com ovo batido. Cozer em forno quente a 220º C, na posição mais abaixo por 15 ou 20 minutos, conforme se goste menos ou mais cozidas.

receita de Judite Chicarro Cebola no Mundo Receitas Bimby



imagem de António Sousa


As Fogaças de Alcochete são bolinhos tradicionais da vila de Alcochete


Situado na margem sul do Estuário do Tejo, e porta de entrada para a mais importante zona húmida da Europa, o concelho de Alcochete integra a Área Metropolitana de Lisboa, beneficiando de um acesso privilegiado à capital através da Ponte Vasco da Gama, além dos acessos à auto-estrada do Norte, IC 32, e a ligação à A2.

A proximidade com a Reserva Natural do Estuário do Tejo, considerada uma das mais importantes áreas em termos de invernada na Europa, para diversas espécies de aves aquáticas, confere-lhe uma importância e constituem, por si, só um atractivo para os que gostam de desfrutar de momentos únicos de proximidade com a Natureza.

O cenário ímpar produzido pelo singular alinhamento das salinas, habitadas por uma população de elegantes flamingos, visível para quem chega pela ponte Vasco da Gama, e a belíssima paisagem rural típica da Lezíria, constituem mais motivos de interesse para visitar o Concelho.
A zona ribeirinha de Alcochete alicia o visitante para um passeio encantador pela rica e diversificada paisagem, em termos de avifauna e flora, que culmina na zona ribeirinha de Samouco, totalmente requalificada e devolvida à população.






4 comentários:

  1. Não conhecia esta receita e adorei :)
    beijinhos,
    Addicted
    http://cookaddiction.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  2. Estive duas semanas a estagiar no Centro de Saúde de Alcochete e ouvi falar muito bem dessas fogaças! Mas não provei nenhuma infelizmente :( Tenho de lá voltar em breve para experimentar essas delícias :D

    Beijinhos e um bom dia :D

    ResponderEliminar
  3. adorei a receita. parece muito boa.
    adorei o lugar, que foto lindo.
    lugar maravilhoso.
    Bom Final de Semana!
    Beijos
    boracozinhar-lu.blogspot.com

    ResponderEliminar
  4. Adoro fogaças de alcochete só nao como agora pela minha dieta mas é taooo bom e estas tem um aspeto maravilhoso:) beijinhos
    http://prazeressaudaveis.blogpsot.pt

    ResponderEliminar