quinta-feira, fevereiro 04, 2010

Está de volta...

...a vontade de cozinhar

Ontem fiz Peru Assado com Laranja e Mel para o jantar e uma Tarte de Amêndoa para a sobremesa. Hoje tenho de fazer uma sopinha de peixe para a minha filha e umas bolachas que ando a namorar à imenso tempo numa revista.
A minha Bimby qualquer dia exige a reforma antecipada.

Hoje deixo-vos a receita da tarte, o peru fica para outro dia.
Já experimentei várias tartes de amêndoa mas para mim a massa desta receita do livro 'A Bimby na Cozinha Regional Portuguesa'  é espectacular. Já fiz e repeti várias vezes. É a minha Tarte de Amêndoa PERFEITA!

Photobucket



Tarte de Amêndoa

Ingredientes:
Para a Massa:
100 g açucar
2 ovos
100 g manteiga
250 g farinha
1 colher de chá fermento

Para o recheio:
150 g amêndoa laminada (1 pacote inteiro = 200g)
100 g açúcar
100 g manteiga
50 g leite

Preparação:
Coloque no copo todos os ingredientes necessários para a massa e programe 15 seg. vel 6. Forre uma tarteira com a massa e leve ao forno pré-aquecido a 180º, enquanto prepara o recheio (unto levemente a tarteira e forro com papel vegetal).
Sem lavar o copo, coloque todos os ingredientes do recheio e programe 8 min, temp. 90º, velocidade colher inversa.
Junte o recheio à massa e leve ao forno novamente apenas para alourar a amêndoa.

Nota: no recheio depois de programar os 8 min. temp. 90º ainda programo mais 5 min. temp. varoma (acho que fica melhor!)

Photobucket

12 comentários:

  1. É a tarte preferida do meu marido, uma delicia.
    Toca a bimbar.
    bjsss

    ResponderEliminar
  2. É deliciosa.
    Ficou com óptimo aspecto.

    http://asvezescozinheira.blogspot.com

    ResponderEliminar
  3. Para quem não tem bimby, como eu segue basicamente os mesmos passos tradicionalmente :(... adoro e tem um aspecto divinal e queria experimentar... obrigada e parabéns pelo blog... ;)

    ResponderEliminar
  4. Essa tarte ficou com um aspecto maravilhoso!! :)
    Pena eu não ter Bimby :(
    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  5. Eu nem com livros de receita lá vou:(
    Que inveja que eu tenho de quem nasceu dotado para a cozinha!!!

    Tem tudo um óptimo aspecto:)))

    O meu assunto, porém, é outro. Trata-se de uma petição que interessa aos portugueses e residentes em Portugal.

    Tem a ver com as nossas crianças. Em caso de separação, a quem se deve atribuir a guarda? À mãe, que é, regra geral, a sua figura primária ou de referência, por ser quem lhes presta os cuidados básicos, e não só? Ao pai, se este revelar melhores condições? A ambos, independentemente do tipo de ralção que mantenham após o casamento?

    Palavras sábias de um pai que ganhou, em tribunal, a custódia dos filhos: A tutela dos filhos é um empreendimento para a vida; não pode ser gerido por dois sócios que não se entendem. As pessoas não conseguem deixar de usar o seu poder para anular decisões e exercer pressões. É preferível que só um dos pais tenha a tutela, por muito que isso custe ao outro. A educação de uma criança não é passível de falhas.'

    Ponhamos a mão na consciência: se a lei não permite que se separe as crianças de junto dos seus pais, mesmo que estes vivam em fracas condições, porque razão há-de um juíz atribuir a guarda ao progenitor que ofereça melhores condições? É este o superior interesse da criança?!

    Nos nossos dias,o papel de uma mãe parece desvanecer-se cada vez mais... Já não se lhe dá o mesmo valor. Urge reabilitar a imagem da mãe, que, no início da vida, é o mundo da criança, sendo a partir dela que a criança nasce para o mundo.

    A criança precisa da mãe, e nós, mães, precisamos dos nossos filhos.
    Queremos estar mais tempo com eles, acompanhar o seu desenvolvimento.

    Esta petição é um princípio. A próxima será para que possamos gozar os primeiros anos de vida dos nossos filhos. Para que possamos investir no Futuro de todos nós!

    http://www.peticaopublica.com/?pi=P2009N575

    ResponderEliminar
  6. O aspecto ficou divinal :-P
    Tb gosto bastante de algumas receitas dos livros bimby. Essa ainda não fiz mas tenho de esperar por um evento importante cá em casa, pois eu e o marido temos evitado certas comidinhas :-)

    Bjokas

    ResponderEliminar
  7. Posso levar uma fatia enorme????beijinhos

    ResponderEliminar
  8. essa tarte ficou com um aspecto fantástico. Deve ter ficado bem saborosa.


    bjs

    ResponderEliminar
  9. olá Monica
    marquei essa receita assim que ganhei o livro e ainda nao fiz....ficou belissima!

    ResponderEliminar
  10. Está tão douradinha, uma cor de fazer inveja a qualquer outra tarte ehehehe

    ResponderEliminar
  11. Quando puderes posta o peru... só pelo nome promete!

    ResponderEliminar